CBMRO Inicia Semana de Preparação e Prevenção para Incêndio Florestal

Cumprindo agenda mútua estabelecida entre os 09 comandantes gerais dos Corpos de Bombeiros Militares da Amazônia Legal – CBMsAL através do Comitê de Proteção da Amazônia Legal – COPAL, o CBMRO também realizou ações na Semana de Preparação e Prevenção para Incêndio Florestal (SP2IF), a semana do dia 02 ao dia 06 julho foi a escolhida para que cada um dos estados realizasse ações preventivas nos municípios com maior número de focos de calor.

O evento foi realizado desde segunda-feira simultaneamente estados da Amazônia Legal, em comemoração à Semana Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares. Dessa forma, em Rondônia, foram realizadas palestras e entrevistas em programas de rádio no Distrito de União Bandeirantes em Porto Velho, o distrito foi escolhido por ser a região com maior número focos de calor do estado. A ação foi apoiada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Velho.

Porto Velho é o segundo município que com maior incremento no desmatamento da Amazônia Legal, ficando atrás apenas de Altamira – PA, consequentemente é o município com maior número de focos de calor no estado, dos 13.959 focos de calor detectados em 2017, 4.148 deles estavam no município de Porto Velho, demonstrando que somente a capital é responsável por quase 30% dos focos de calor detectados no estado.

SP2IF - A Semana de Preparação e Prevenção para Incêndio Florestal em Porto Velho foi decidida após a 3ª reunião técnica do Comitê de Proteção da Amazônia Legal, que ocorreu em Porto Velho, no fim de junho. O assunto principal foi o combate aos incêndios florestais e fortalecimento das corporações dos nove estados que compõe a Amazônia Legal. No encontro ficou decidido que cada estado faria o evento simultaneamente escolhendo municípios que estão entre os que registram maiores números de queimadas.

O principal objetivo do SP2IF é discutir políticas públicas e formas de diminuir os incêndios florestais em Rondônia e na Amazônia Legal, minimizando os danos e prejuízos locais.

O evento contou com palestra realizada em escola do Distrito de União Bandeirantes, onde aproximadamente 120 (cento e vinte) pessoas entre, alunos, produtores rurais e professores puderam ser conscientizados acerca da prevenção das queimadas não autorizadas e incêndios florestais.

Ações como essa visam não só conscientizar a população rural acerca das queimadas não autorizadas, como também fazem parte das ações pré-definidas através do projeto Rondônia Mais Verde que conta com aporte financeiro do Fundo Amazônia.

 

 

 

 

LEIA MAIS: