CBMRO – DICAS PARA EVITAR CURTO-CIRCUITO

Muitos incĂȘndios iniciam devido um curto-circuito de uma tomada ou a sobrecarga da rede elĂ©trica muito antiga. Para prevenir este tipo de acidente que pode ocasionar a perda da vida ou de bens materiais o Corpo de Bombeiros de RondĂŽnia dĂĄ dicas de segurança nesta ĂĄrea.
De acordo com o Sargento BM Tiago Gomes Diniz, a sobrecarga na rede elĂ©trica acontece quando a intensidade de corrente que passa pelo circuito Ă© maior do que a prevista pelo projeto elĂ©trico. E entre as causas muito comuns de sobrecarga que pode ocasionar um incĂȘndio sĂŁo instalaçÔes elĂ©tricas mal construĂ­das ou conservadas. TambĂ©m o hĂĄbito de ‘puxar’ um fio para fazer uma tomada ou colocar uma lĂąmpada. Ou, ainda, ligar um eletrodomĂ©stico, computador, TV e ventilador numa mesma tomada.
“Na hora de adquirir um material de iluminação Ă© importante verificar se eles foram fabricados de acordo com as normas, se tem selo de garantia como o do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO). Outra coisa evitar colocar vĂĄrios equipamentos numa mesma tomada. E ainda, quando for sair de casa retirar da tomada tudo o que nĂŁo for necessĂĄrio estar conectado a energia elĂ©trica e isso inclui iluminaçÔes/luminĂĄrias”, explica o Sargento.

TOMADAS
Verificar se hĂĄ tomadas antigas, com defeito ou com fios desencapados. Ao usĂĄ-las obseve se.
- hĂĄ faĂ­scas quando um aparelho Ă© conectado;
- hĂĄ barulho vindo da tomada
- hå aquecimentos, mudanças de cor, ressecamentos nas tomadas, ou se hå marcas e cheiro de queimado.
- na residĂȘncia ou no escritĂłrio o nĂșmero de tomadas Ă© insuficiente e muitos recorrem a benjamins, ou “tĂȘs”. Neste caso opte por colocar apenas aparelhos de baixa potĂȘncia que nĂŁo ‘puxem’ muita energia para nĂŁo causar sobrecargas e problemas como curto-circuitos, danos aos aparelhos domĂ©sticos, choques elĂ©tricos e atĂ© incĂȘndios.
DISJUNTORES
-O disjunto é um mecanismo de segurança que desativa a corrente elétrica quando ela ultrapassa o limite de intensidade.
APARELHOS
Muitos acidentes e incĂȘndios ocorrem devido o equipamento apresentar :
- fios danificados, ou expostos;
- parte do equipamento danificada ou componentes expostos;
Recomenda- se substituir ou reparar o equipamento.
TEMPORAL
Uma enorme quantidade de eletricidade Ă© despejada quando um raio cai. Por isso Ă© sensato reduzir o uso de aparelhos eletrĂŽnicos durante uma forte chuva para impedir possĂ­veis curtos-circuitos ou que ocorra danos devido uma sobrecarga de energia.
REVISÃO
É fundamental realizar a revisĂŁo de suas instalaçÔes elĂ©tricas. “Partindo do princĂ­pio que elas tambĂ©m envelhecem, a cada cinco anos Ă© recomendĂĄvel realizar uma vistoria do sistema elĂ©trico residencial”, acrescenta o Sargento Diniz.
E, SE COMEÇAR UM FOGO?
Caso aconteça o inĂ­cio de incĂȘndio elĂ©trico, se nĂŁo possuir extintores secos, com diĂłxido de carbono (CO2), conhecidos como “tipo C” a pessoa e familiares deve sair da residĂȘncia e acionar o Corpo de Bombeiros o mais rĂĄpido possĂ­vel..
- Se possĂ­vel desligar a chave geral da rede elĂ©trica da residĂȘncia;
-NĂŁo use ĂĄgua para apagar fogo, pois Ă© um excelente condutor de energia e o seu contato com a eletricidade pode resultar em choques fatais.

Imagem da internet

Sobrecarga na instalação elétrica como evitar Kraus Muller

LEIA MAIS: