CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA

Dia do Patrono Imperador Dom Pedro II - Palavras do Comandante Geral

 

Hoje, em Rondônia, encerram-se as comemorações alusivas ao dia do patrono dos Bombeiros Militares do Brasil, com a realização de uma solenidade de entrega de medalhas, no auditório do Ministério Público do Trabalho -MPT, às 19:00h, onde militares e civis serão agraciados.

 

ORDEM DO DIA

 

02 de dezembro de 2018 – Dia do Patrono Imperador Dom Pedro II

 

Na madrugada do dia 02 de dezembro de 1825, nascia D. Pedro de Alcântara de Bragança e Bourbon, filho mais novo do imperador Pedro I e da imperatriz Maria Leopoldina. 

No ano de 1856, o Imperador Dom Pedro II, através do Decreto Imperial nº 1775, criou o Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, devido à necessidade de organizar uma corporação com características específicas. Foi preciso obter informações sobre os Corpos de Bombeiros de outros países e as necessidades do serviço na cidade do Rio de Janeiro, tendo como principal referência a França e outras organizações antigas, como a de Roma, para a criação do Corpo de Bombeiros.

Em 1952, quando éramos ainda Território, o Governador Petrônio Barcelos designou para realizarem o Curso de Bombeiros Técnicos para Oficiais na cidade do Rio de Janeiro, então Distrito Federal, o CAP ESRON PENHA DE MENEZES, nosso primeiro Comandante, e por ser tão mensuráveis seus feitos foi cravado em nosso Quartel, uma Placa Busto de bronze em sua homenagem.

Neste mês solene, comemoramos o nascimento do criador do Corpo de Bombeiros da Corte, e por esta razão, Patrono dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil - nosso último Imperador, D. Pedro II. Hoje, em todo o nosso Estado, onde dispomos de Unidades Bombeiro Militar, estamos comemorando juntos, este momento ímpar para os Soldados do Fogo do Brasil.

Parabenizo e congratulo ainda, aos bombeiros militares que neste mês estão completando mais um ano de serviço na Corporação: CFBM 2002, 16 anos de efetivo serviço, sendo o primeiro Curso de Formação Bombeiro Militar no Estado de Rondônia, o CFBM 2006, 12 anos e o CFBM 2007, 11 anos.

À toda tropa, meu muitíssimo obrigado, pela decisão de serem bombeiros militares e entenderem que acima de uma profissão, acima do orgulho próprio, estamos diuturnamente dispostos a cumprir qualquer missão. Por esse motivo, nossa Corporação expressa o respeito de toda população rondoniense e na função de  Comandante Geral, me sinto honrado em estar à frente desta família Bombeiro Militar.  Minhas continências ao Corpo Bombeiro Militar de Rondônia.

SALVAR!

 

Demargli da Costa Farias – Cel BM

Comandante Geral do CBMRO

© 2018 Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia

Todos os Direitos Reservados